24/11/2020 às 12h00min - Atualizada em 24/11/2020 às 12h00min

Pediatras de vários Estados do Brasil assinam manifesto defendendo volta às aulas presenciais

Vinicius Mariano
(REPRODUÇÃO)
Pediatras de vários Estados do Brasil assinaram nesta segunda-feira (23) um manifesto defendendo a volta às aulas presenciais. O grupo é formado por médicos de hospitais como o Albert Einstein e o Sírio-Libanês, em São Paulo.

“Nossos objetivos são tranquilizar os pais, ajudar os professores [a compreender] que o retorno às aulas pode ser seguro e ajudar as próprias crianças, para que voltem à escola menos ansiosas. Elas se infectam duas a cinco vezes menos, principalmente aquelas abaixo dos 5 anos. A partir dos 11, o risco de infecção é um pouco parecido com o dos adultos. A gente vê que as crianças transmitem muito menos, são pouco sintomáticas ou assintomáticas”, afirmou Stephanie Galassi, médica que lidera a iniciativa, em entrevista à CNN Brasil.

“Não vimos um aumento de infecção em casa em países que abriram as escolas. É muito raro a criança ser o caso-índice, contrair o vírus na escola e levá-lo para casa”, acrescentou.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »