14/07/2020 às 12h32min - Atualizada em 14/07/2020 às 12h32min

PC Siqueira acusado de pedofilia

PC Siqueira é investigado pela 4ª Delegacia de Proteção à Pessoa, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) de São Paulo

Cristina Barroso
Metrópoles
PC Siqueira é investigado pela 4ª Delegacia de Proteção à Pessoa, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) de São Paulo, após um perfil anônimo no Twitter divulgar mensagens do youtuber onde ele afirma ter compartilhado fotos de uma criança de 6 anos nua.

Em suas redes sociais, PC Siqueira afirmou estar em uma “articulação criminosa” para tentar acusá-lo de “algo terrível, que jamais cometi ou cometeria.
Um perfil do Twitter divulgou, no último dia 10, prints de supostas conversas do criador de conteúdo em que ele compartilharia a foto de uma criança de 6 anos nua.

 O perfil que vazou as conversas é o Exposed Emo, o mesmo que divulgou conversas do baterista Japinha com uma adolescente. O músico foi afastado da banda CPM 22.
Na suposta conversa, PC Siqueira falaria com um amigo, que teve o nome preservado. Ele diz que a mãe da criança teria enviado as fotos da filha. “Ela parou porque sabe que pode dar merda”, teria dito o criador de conteúdo.
 PC Siqueira deletou, na terça-feira (16/06), seu canal de YouTube, chamado “maspoxavida”. Os fãs do youtuber notaram a falta do canal. O maspoxavida foi criado em 2010 e tornou PC Siqueira em um dos youtubers mais famosos do país.

PC Siqueira postou uma mensagem no Instagram (21/06), em tom de desabafo, de agradecimento a quem “não virou as costas” para ele, após as acusações de pedofilia.

“Agradeço a quem não virou as costas pra mim nesse momento bizarro. Aos que estão se deliciando, esperando o meu suicídio, ser estuprado ou morto… a vida é um pote de ambrosia, só que no final do pote, tem merd@. Não vá com tanta sede ao pote”, escreveu ele.
Por meio da ferramenta stories, do Instagram, Siqueira ainda avisou aos seguidores que o seu canal no YouTube não foi apagado e, sim, desativado temporariamente: “Volto com ele e com os vídeos depois que esse pandemônio passar”.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »