13/11/2020 às 14h52min - Atualizada em 13/11/2020 às 14h52min

Região Norte tem crescimento acima da média nacional em relação ao PIB

IBGE divulgou os dados de 2018

Kaio Lopes
Da Redação
(REPRODUÇÃO)
O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou nesta sexta-feira, 13, através do Sistema Regional de Contas, as estatísticas referentes ao PIB estadual no Brasil em 2018. Os dados revelam que a região Norte do país, impulsionada pelo Amazonas (+5,1%), teve um crescimento acima da média nacional: enquanto a média nortista foi de 3,4%, a brasileira foi de 1,8%. 

Luiz Antonio de Sá, técnico do IBGE, destaca, entre outras coisas, que a Zona Franca de Manaus impulsionou o avanço econômico da região: ''Por conta da Zona Franca, o estado tem um destaque não só regional como nacional (sobre Amazonas); houve um crescimento populacional importante, um movimento de recebimento de imigrantes, e isso acabou influenciando no consumo (sobre o crescimento de 4,8% atribuído à Roraima)''. 

O estado nordestino de Sergipe, no entanto, foi o único a ver seu PIB recuar em 2018: com uma queda de 1,8%, os sergipanos tiveram o quarto ano consecutivo com resultados negativos. 

A região Sudeste teve um crescimento abaixo da média nacional: apenas 1,4%. Destaque para o Espírito Santo, o único, à nível regional, com aumento acima do país (3%). Centro-Oeste e Sul, respectivamente, também obtiveram índices favoráveis: 2,2% e 2,1%, respectivamente. 

A tímida oscilação positiva do Sudeste, porém, não refletiu no seu domínio da economia nacional, uma vez que a região viu sua participação econômica crescer de 52,9% para 53,1% no PIB do país. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »