12/11/2020 às 11h40min - Atualizada em 12/11/2020 às 11h40min

Proposta de expropriação de propriedades rurais é delírio!

"Mais uma mentira do Estadão ou delírio de alguém do Governo. Para mim a propriedade privada é sagrada. O Brasil não é um país socialista/comunista", afirmou Bolsonaro na manhã desta quinta-feira, (12), em postagem nas redes sociais.

Cristina Bar
(REPRODUÇÃO)
O presidente Jair Bolsonaro chamou de "delírio" a idéia de o governo criar mecanismos para expropriar propriedades no campo e nas cidades com registros de queimadas e desmatamentos ilegais. A medida, revelada ontem pelo Estadão, consta em documento do Conselho Nacional da Amazônia Legal, colegiado presidido pelo vice-presidente Hamilton Mourão.

"Mais uma mentira do Estadão ou delírio de alguém do Governo. Para mim a propriedade privada é sagrada. O Brasil não é um país socialista/comunista", afirmou Bolsonaro na manhã desta quinta-feira, (12), em postagem nas redes sociais.

O documento do conselho comandado por Mourão estabelece que a expropriação de terras ocorra no caso de quem incorreu em "culpa" em crimes ambientais em área própria ou pública. Além disso, sinaliza viabilizar o confisco "de todo e qualquer bem de valor econômico apreendido em decorrência do crime de grilagem ou de exploração de terra pública sem autorização". Segundo o planejamento do conselho, o objetivo é enviar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) ao Congresso com estas medidas em maio de 2021.

Na segunda-feira, Bolsonaro afirmou em entrevista à CNN Brasil que não tem falado com o seu vice. A declaração foi uma resposta a um comentário de Mourão sobre o silêncio do presidente em relação à vitória de Joe Biden nas eleições americanas. "O que ele (Hamilton Mourão) falou sobre os Estados Unidos é opinião dele. Eu nunca conversei com o Mourão sobre assuntos dos Estados Unidos, como não tenho falado sobre qualquer outro assunto com ele", disse Bolsonaro horas após o vice ter dito que o presidente aguardava o fim das contagens de votos para só então se manifestar.
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »