11/11/2020 às 15h15min - Atualizada em 11/11/2020 às 15h15min

A empresa "Filme de vagabundos" é laranja de Boulos.

O esquema de Boulos foi montado para fraudar a campanha 2020. Uma empresa foi aberta apenas para receber R$ 500 mil e desviar o dinheiro público.

Cristina Barroso
(REPRODUÇÃO)
O jornalista investigativo Oswaldo Eustáquio resolveu olhar com mais atenção a campanha política que Boulos realiza em São Paulo.
Boulos não mede as conseqüências e  é extremamente ardiloso. Felizmente, Boulos tem pouca intimidade com a inteligência. Assim não resiste a uma boa investigação.

O esquema de Boulos foi montado para fraudar a campanha 2020.
Uma empresa foi aberta apenas para receber R$ 500 mil e desviar o dinheiro público.
O jornalista foi até o local onde deveria funcionar a empresa e descobriu todo o esquema.
O dono da casa admitiu que trata-se de um local de fachada e que a empresa, que faturou meio milhão, tem apenas endereço administrativo e de fato não funciona.

Boulos ainda pagou R$ 28 mil para a empresa Filme de Vagabundos.

Eustáquio também foi ao local e descobriu que tudo é uma fraude e que a empresa não funciona no local.
A coisa é estarrecedora e está devidamente comprovada.
A reportagem completa é estarrecedora, assistam ao vídeo:

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

90.2%
9.8%