10/11/2020 às 15h33min - Atualizada em 10/11/2020 às 15h33min

''Bolsonaro armou para matar Marielle'', afirma professora durante aula em SC

Direção se manifestou após o ocorrido

Kaio Lopes
JORNAL DA CIDADE
(REPRODUÇÃO)
Segundo informações divulgadas na semana passada e reproduzidas pela Gazeta do Povo e pelo Jornal da Cidade, uma professora de uma escola particular de Rio do Sul/SC - distante 261km de Florianópolis - sugeriu que o presidente Jair Bolsonaro ''armou para matar Marielle''. 

Durante a aula, era discutida a questão da ''violência política''. Foi quando um aluno questionou a educadora se a tentativa de assassinato contra Bolsonaro em 2018 - praticada pelo ex-filiado ao PSOL, Adélio Bispo - configurava poderia ser enquadrado nesse cenário.  Ao que ela respondeu: ''A violência política é praticada por políticos. Bolsonaro levou uma facada? Levou. Foi uma violência? Foi. Mas não foi praticada por políticos, foi um popular que fez, foi um civil que fez isso. Agora, o que Bolsonaro armou para matar Marielle, ele, sendo um político, matando uma outra política, isso sim é uma violência política. Entendeu o esquema?''. 

 Após o ocorrido, a direção da escola respondeu aos questionamentos de pais e alunos e informou que foram adotados procedimentos internos que ''visam apurar a conduta da docente'' e, a partir disso, poderá tomar as ''medidas necessárias''. Segundo a professora, o trecho mencionado foi descontextualizado. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »