09/11/2020 às 18h33min - Atualizada em 09/11/2020 às 18h33min

"Brasil cumpriu a Constituição ao depor Dilma", disse Joe Biden em 2016

À época vice-presidente, Joe Biden tratou a situação do Brasil como uma “transição de poder” prevista na Constituição.

Vinicius Mariano
O quase eleito presidente dos EUA, Joe Biden, disse, em 2016, em palestra no Banco de Desenvolvimento da América Latina, em Washington, que o Brasil está seguindo a sua Constituição ao fazer uma "transição de poder" em relação ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

O político americano também disse que os Estados Unidos iriam trabalhar de forma estreita com o presidente Michel Temer para ajudar o povo brasileiro a enfrentar os desafios nos "momentos econômicos e políticos difíceis".

Essa foi a primeira manifestação oficial do governo dos Estados Unidos sobre as mudanças políticas no Brasil, desde que o presidente Michel Temer após a posse do ex-presidente Michel Temer. 

Em um discurso sobre "mudanças políticas substanciais" que estão ocorrendo na América Latina, Biden mencionou vários países, mas citou primeiramente o caso do Brasil. Segundo ele, o Brasil "é e continuará sendo um dos associados mais importantes da região". 

A palestra de Joe Biden abriu a 20ª Conferência Anual do Banco de Desenvolvimento da América Latina, que teve a participação também do Diálogo Interamericano e da Organização dos Estados Americanos. 

O evento tem como objetivo analisar as políticas dos Estados Unidos e da América Latina em favor da integração hemisférica. Participaram do evento cerca de 1.600 pesquisadores de universidades norte-americanas, representantes de governos e analistas políticos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »