05/11/2020 às 17h54min - Atualizada em 05/11/2020 às 17h54min

​Estudo encontra 1,8 milhão de eleitores fantasmas nos EUA

Judicial Watch faz cruzamento de dados do censo populacional e revela que EUA podem ter mais de 1 milhão de eleitores fantasmas

Vinicius Mariano
Um estudo da fundação Judicial Watch, divulgado na segunda-feira, 2, revelou que existem 1,8 milhão de eleitores fantasmas espalhados por toda a América. O levantamento foi feito cruzando dados do censo populacional americano com os registros de eleitores de cada estado. A fundação alerta para potenciais fraudes nas eleições presidenciais.

O levantamento descobriu que 352 condados de 29 estados possuem mais eleitores do que cidadãos com idade para votar. “Em outras palavras, as taxas de eleitores registrados nesses municípios ultrapassavam 100% dos eleitores elegíveis [cidadãos em idade para votar]”, relatou Tom Fitton, presidente da Judicial Watch.

O estudo encontrou oito estados com taxas de registro superiores a 100%: Alasca, Colorado, Maine, Maryland, Michigan, Nova Jersey, Rhode Island e Vermont. Desses 8 estados, Joe Biden venceu em 7 deles, sendo Michigan suspeito de fraude.

A investigação, segundo Fitton, “destaca a imprudência de enviar cegamente cédulas e formulários de votação para listas de eleitores.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »