31/10/2020 às 16h05min - Atualizada em 31/10/2020 às 16h05min

Turquia intensifica buscas por soterrados após terremoto de 7 graus na escala Richter

Segundo informações das autoridades locais, existe a possibilidade de 180 pessoas estarem sob os escombros e 35 pessoas tiveram a morte confirmada.

Cristina Barroso
(REPRODUÇÃO)
A Turquia intensifica as buscas neste sábado (31),  por vítimas do terremoto de 7 graus na escala Richter que atingiu o país  na véspera.
Segundo informações das autoridades locais, existe a possibilidade de 180 pessoas estarem sob os escombros e 35 pessoas tiveram a morte confirmada.
 
Segundo a Agência de notícias turca AA, 880 pessoas ficaram feridas, apenas na cidade de Izmir.
O ministro da saúde, Fahrettin Koca, informou que 243 pessoas foram levadas para hospitais,e sete estão internadas em UTIs, três delas estão em estado grave.


O epicentro do terremoto foi no fundo do mar Egeu e, por isso, a cidade de Izmir, que fica no litoral turco, foi a mais atingida.
Dos 17 prédios que desabaram, nove tiveram o trabalho de busca por vítimas e feridos concluídos.
Estima-se que 100 pessoas foram resgatadas com vida nesses locais.

"Advertimos aos cidadãos para que não entrem nos edifícios danificados", pediu o chefe do governo municipal, em alerta para que haja ainda mais afetados pela tragédia.

Mãe e três filhos foram resgatados na manhã de hoje após terem ficado soterrados por 18 horas na cidade de Izmir, na Turquia. O local foi atingido por um terremoto de 7 graus em uma escala que vai de 1 a 10. O prédio em que a família estava desabou, mas eles se mantiveram em um bolsão de ar sob os escombros. Até o momento, 26 mortes foram confirmadas. Além da Turquia, algumas ilhas do litoral grego também foram atingidas pelo tremor.
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »