27/10/2020 às 20h17min - Atualizada em 27/10/2020 às 20h17min

Italianos protestam violentamente contra novo lockdown

Protestos contra novas restrições para combater a pandemia da Covid-19, geram confrontos entre as autoridades e manifestantes em várias regiões da Itália.

Cristina Barroso
(REPRODUÇÃO)
Protestos contra novas restrições para combater a pandemia da Covid-19  geram confrontos entre as autoridades e manifestantes em várias regiões da Itália.

Centenas de pessoas em Turim, Milão, Nápoles e outras cidades do país protestaram violentamente contra a decisão do governo italiano de fecharrestaurantes e cafés às 18 horas, nos próximos 30 dias, assim como fechar ginásios, cinemas e outros locais de lazer.
Em Turim, as manifestações tiveram um início pacífico e foram organizadas, em especial, por donos de restaurantes, que dizem estar desesperados.

Ivan Fontana afirma que precisam trabalhar, pois é preciso manter a economia, os empregos e o sustento das famílias. Em lágrimas, diz estar desesperado, pois é dono do próprio restaurante há oito anos e não quer perdê-lo.



Em Turim, a repórter da Euronews Giulia Avataneo, relata:

“Caixotes do lixo incendiados, barricadas nas ruas. Eis o que resta da cidade à medida que o toque de recolher obrigatório entra em vigor. Uma parte da manifestação contra as restrições recentemente impostas acabou em confrontos com a polícia. Do lado oposto, o protesto pacífico dos proprietários de restaurantes deu voz a um setor da economia que enfrenta sérias dificuldades devido às novas medidas impostas pelo governo”.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

90.1%
9.9%