27/10/2020 às 19h20min - Atualizada em 27/10/2020 às 19h20min

Sikêra Júnior chama Xuxa de pedófila e é processado.

“Ex-rainha, eu quero dizer pra você que pedofilia é crime. E não prescreve não, ta?”, palavras do apresentador.

Cristina Barroso
(REPRODUÇÃO)
Agripino Magalhães, ativista dos direitos da população LGBTQI+, denunciou ao Ministério Público nesta terça-feira (23) o apresentador do programa “Alerta Nacional”, após Sikêra Júnior criticar atuais atitudes de Xuxa.

Em seu programa, Sikêra disse estar decepcionado em ver a “ex-rainha dos baixinhos” fazendo apologia às drogas e levando as crianças para a safadeza.

No decorrer do programa o apresentador também mencionou o filme em que Xuxa atuou “Amor Estranho Amor”, gravado em 1982, onde ela aparece em cenas de nudez com um adolescente de 12 anos.

"Lamentavelmente, eu era muito fã. Eu era pequenininho, meu sonho era ir à plateia para ver a que se diz rainha. Hoje, não dá mais audiência, está sendo empurrada para todo horário. A que vai lançar agora um livro LGBT para criança, viu? Para criança! Um livro LGBT para criança! Cuidado com o teu filho! Cuidado com a tua filha! A mesma que fez um filme com uma criança. Sim! Ela nua com uma criança de 12 anos. Ex-rainha, eu quero dizer para você que pedofilia é crime e não prescreve não, tá?", iniciou o apresentador, associando a temática LGBT ao crime de abuso sexual de menores. 

O apresentador foi denunciado por chamar a Xuxa de pedófila.

O filme citado pelo apresentador pode ser conferido por qualquer pessoa, basta ter acesso a internet.
Realmente o filme mostra a Xuxa nua em cenas eróticas com um menor de idade.
Nesse caso o apresentador apenas relembrou o que já é de conhecimento público.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »