12/07/2020 às 20h41min - Atualizada em 12/07/2020 às 20h41min

Nordeste é a região mais dependente do auxílio emergencial

Sul, na contramão, é a menos

Kaio Lopes
GeografiaBR
(REPRODUÇÃO)
Conforme dados divulgados pela GeoPockets, após avaliação de estatísticas do Governo Federal, a região Nordeste se mantém mais dependente de assistência governamental do que as demais. A pesquisa revela que cerca de 45,7% dos adultos residentes nos nove estados nordestinos, entre Abril e Maio, foram aprovados pelo programa de auxílio emergencial para contribuição na renda mensal dos brasileiros que se encaixam nos critérios para sua adesão; na contrapartida, a região Sul é a menos aderente ao benefício, com apenas 23,6% de aprovações, seguida pelo Sudeste, 30,5%, Centro-Oeste, 31,7%, e Norte, 42,6%. 

POR ESTADOS:

A amostra, entre outras coisas, também especifica a adesão por estados, sendo o Maranhão aquele mais atingido, com cerca de 49,2%, e Santa Carina o menos, 21%. Confira abaixo os números dos demais estados em ordem respectiva de adesão:

PIAUÍ - 48,9%
PARÁ - 47,6%
ACRE - 47,3%
AMAPÁ - 46,5%
BAHIA - 46,1%
AMAZONAS - 45,9%
CEARÁ - 45,3%
PARAÍBA - 45,2%
SERGIPE - 45,1%
ALAGOAS - 45%
PERNAMBUCO - 44,8%
RORAIMA - 42,7%
RIO GRANDE DO NORTE - 42,1%
TOCANTINS - 40,1%
RONDÔNIA - 36,4%
MATO GROSSO - 34,2%
GOIÁS - 32,8%
ESPÍRITO SANTO - 32,7%
MATO GROSSO DO SUL - 32,3%
RIO DE JANEIRO - 32,3%
MINAS GERAIS = 30,4%
PARANÁ - 27,8%
SÃO PAULO - 26,8%
DISTRITO FEDERAL - 24,4%
RIO GRANDE DO SUL - 22,9%

Até o momento que antecedeu a pesquisa, cerca de 54 milhões de brasileiros já haviam tido acesso ao auxílio, o que representa 34% da nossa população maior de 18 anos.






 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

80.9%
19.1%