13/10/2020 às 14h19min - Atualizada em 13/10/2020 às 14h19min

OMS faz apelo ao mundo: "Parem de utilizar lockdowns"

Cristina Barroso
(REPRODUÇÃO)
O diretor da Organização Mundial de Saúde (OMS), David Nabarro, fez um apelo nesta segunda-feira (12), no mínimo surpreendente sobre as medidas extremas de confinamento e lockdowns.

Segundo Nabarro, tais medidas não vão vencer a guerra contra a covid-19 e as conseqüências podem ser desastrosas.

“Apelo para os líderes mundiais: parem de utilizar lockdowns como ferramenta principal, desenvolvam sistemas melhores, trabalhem juntos e aprendam juntos”.

“Basta olhar para o que aconteceu com a indústria do turismo, por exemplo, no Caribe ou no Pacífico, porque as pessoas não estão tirando férias.
Veja o que aconteceu aos pequenos agricultores em todo o mundo porque seus mercados foram prejudicados.
Veja o que está acontecendo com os níveis de pobreza. Parece que podemos muito bem ter uma duplicação da pobreza mundial no próximo ano.
Parece que podemos ter pelo menos uma duplicação da desnutrição infantil, porque as crianças não estão recebendo refeições na escola e seus pais, em famílias pobres, não têm condições de pagar”, afirmou.

E concluiu: “E, portanto, realmente apelamos a todos os líderes mundiais: parem de usar o lockdown como seu método de controle primário, desenvolvam sistemas melhores para fazê-lo, trabalhem em conjunto e aprendam uns com os outros, mas lembrem-se — lockdowns têm apenas uma consequência que vocês nunca devem diminuir, e isso está tornando as  pessoas pobres muito mais pobres.” 

 Essa declaração chega tardiamente, visto que o estrago na economia mundial oriundo do lockdown adotado por recomendação da própria OMS,  já produziu muita pobreza.

Pelo menos, esse apelo, nos traz a esperança de que o mundo poderá começar a voltar ao normal.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »