12/10/2020 às 15h37min - Atualizada em 12/10/2020 às 15h37min

Estupradores poderão ser condenados a pena de morte em Bangladesh

Governo decidiu agir após ondas de protestos

Kaio Lopes
Da Redação
BBC (REPRODUÇÃO)
O governo de Bangladesh deverá permitir, a partir de uma alteração na Lei prevista para esta terça-feira (13), que os condenados por estupro sofram pena de morte ou tenham prisão perpétua. A revelação foi feita pelo ministro da Justiça do país, Anisul Haque nesta segunda-feira. 

''O Gabinete aprovou a proposta de emenda à Lei de Crueldade contra Mulheres e Crianças, aumentando a punição por estupro para a pena de morte ou prisão perpétua, no lugar da anterior, que apenas indicava o encarceramento para o restante da vida'', afirmou Haque.

À Agência EFE, o ministro confirmou que a vigência da alteração será a partir de amanhã, quando ela será publicada no Diário Oficial da nação asiática. 

As medidas foram tomadas como resposta aos protestos eclodidos no país desde a última segunda-feira (05), justificados pela divulgação de um vídeo no qual um grupo de homens ataca uma mulher. O crime ocorreu no distrito de Noakhali - ao sul. 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

90.7%
9.3%