06/10/2020 às 16h23min - Atualizada em 06/10/2020 às 16h23min

Gilmar Mendes decide pela suspensão de ação penal contra advogado de Lula

Além dele, dezenas de profissionais foram beneficiados

Kaio Lopes
Da Redação
(REPRODUÇÃO)
O Supremo Tribunal Federal, através da decisão de Gilmar Mendes, suspendeu no sábado (03) uma série de ações penais do Ministério Público contra advogados de carreira, todos eles supostamente envolvidos em crimes de recebimentos ilícitos caracterizados pelos pagamentos na ordem de R$ 150 milhões - a títulos honorários - entre 2012 e 2018, através do ''Sistema S''. 

A princípio, havia o entendimento judicial de que os profissionais deveriam ser investigados, uma vez não identificados os motivos que ensejassem tamanha quantia recebida por cada um deles, incluindo o advogado do ex-presicente Lula, Cristiano Zanin. No entanto, após o recebimento da solicitação feita pela AGU (Advocacia-Geral da União) no STF, Mendes indeferiu a denúncia do MP e acatou o órgão atrelado à Ordem dos Advogados do Brasil. A decisão livra 30 supostos criminosos das investigações.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »