09/07/2020 às 18h27min - Atualizada em 09/07/2020 às 18h27min

Bolsonaro inaugura obra da transposição do rio São Francisco

Após anos de espera, mais um trecho da obra histórica foi entregue. Os governadores do Ceará e de Pernambuco, estados beneficiados, não quiseram estar presentes na inauguração.

Vinicius Mariano

O presidente Jair Bolsonaro viajou sexta-feira, 26 de junho, ao Ceará para inaugurar trecho do Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco. Com as bençãos de Deus e sob o governo atual, as águas do rio finalmente chegaram ao Ceará. O presidente fez questão de participar pessoalmente desse acontecimento, acionando ele mesmo a comporta do Eixo Norte da obra, que fica no município de Penaforte, e liberando a passagem das águas.

Além do Ceará, os estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte também serão abastecidos com esse novo trecho da transposição inaugurado. Com a abertura da comporta, as águas que já abastecem o Reservatório Milagres, em Pernambuco, passarão pelo Túnel Milagres, na divisa dos dois estados, chegarão ao Reservatório Jati e seguirão, por fim, até a Paraíba e o Rio Grande do Norte.
 


Pelo Twitter, o governador do Ceará Camilo Santana relembrou que a obra foi iniciada em 2007, no governo de Lula. Vale lembrar que, desde então, o andamento do projeto sofreu uma série de interrupções e de troca de empreiteiras devido a casos de superfaturamento, desvio de dinheiro e outras suspeitas de corrupção. 


São, oficialmente, 12 anos de espera até a chegadas dessas águas – e um projeto que remonta a décadas atrás. Os governadores do Ceará e de Pernambuco, Camilo Santana (PT) e Paulo Câmara (PSB), respectivamente, porém, não quiseram estar presentes nesse momento histórico para a população dos seus estados. 

O Projeto de Integração do Rio São Francisco soma 477 quilômetros de extensão é o maior empreendimento hídrico do país. Quando todas as estruturas e sistemas complementares nos estados estiverem em operação, cerca de 12 milhões de pessoas em 390 municípios de Pernambuco, da Paraíba, do Ceará e Rio Grande do Norte serão beneficiadas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »