21/09/2020 às 23h33min - Atualizada em 21/09/2020 às 23h33min

Elite global em pânico com a liberação dos registros de passageiros dos 'voos orgias' para a ilha de Epstein.

A procuradora-geral das Ilhas Virgens dos Estados Unidos, Denise George, solicitou nomes de passageiros e informações de contato para todos os vôos feitos pelos quatro helicópteros e três aviões de Epstein de 1998 até sua morte por suicídio em 2019.

Cristina Barroso
Reprodução
Os registros de vôos, de aviões e helicópteros e de seus passageiros para a ilha particular  de Jeffrey Epstein, devem ser liberados por exigência da procuradora-geral das Ilhas Virgens dos Estados Unidos.



Epstein listava todos os passageiros e mantinha os registros por algum motivo oculto, parte desses registros  já foram liberados.

David Rodgers, um dos pilotos de Epstein, já forneceu registros em 2009 mostrando o Príncipe Andrew e Bill Clinton - bem como as estrelas Kevin Spacey e Naomi Campbell - haviam voado em um dos aviões de Epstein apelidado de "Lolita Express".


A nova intimação causou "pânico entre muitos dos ricos e famosos", já que os registros de 2009 não incluíam voos feitos por Larry Visoski - o piloto-chefe de Epstein que voou para o pedófilo bilionário por mais de 25 anos .
Os registros que foram intimados agora, farão com que os fornecidos por Rodgers pareçam um post-it.
 
A procuradora-geral das Ilhas Virgens dos Estados Unidos, Denise George, solicitou nomes de passageiros e informações de contato para todos os vôos feitos pelos quatro helicópteros e três aviões de Epstein de 1998 até sua morte por suicídio em 2019.



O jato “Lolita Express” de Epstein, construído em 1969 pela Boeing, estava supostamente embalado com loção para bebês e lenços umedecidos - mas agora está abandonado e enferrujado na Stambaugh Aviation desde que fez seu último voo em 11 de julho de 2016.
George entrou com um processo contra o espólio de Epstein, acusando-o de estupro agravado, abuso infantil e negligência, tráfico de pessoas, trabalho forçado e prostituição.

Epstein organizava orgias com meninas menores de idade, suas aeronaves eram revestidas com  pisos acolchoados projetados para sexo durante os vôos para sua ilha particular, Little St. James.

Ghislaine Maxwell, 58 anos, está presa e aguarda julgamento na prisão por acusações de abuso sexual. Ela era namorada de Epstein e segundo a acusação era ela quem recrutava as menores abusadas por Epstein e seus companheiros.





.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »