17/09/2020 às 15h16min - Atualizada em 17/09/2020 às 15h16min

Liberdade para presidiários e prisão para cidadão.

Ate quando viveremos com essa incerteza quanto ao término dessa pandemia?

Cristina Barroso
Reprodução
Os presidiários de todo o país foram liberados em março desse ano, em função da Pandemia.
A liberação foi recomendação do Conselho Nacional de Justiça – CNJ, emitida em 17 de março de 2020, onde foram concedidas saídas temporárias, regime de prisão domiciliar e suspensão da obrigatoriedade em juízo.
Estima-se que foram liberados entre 23 mil e 32,5 mil presidiários.
Não sabem quantos foram liberados e provavelmente não sabem onde estão e se retornaram para cumprir o restante de suas penas após o término da pandemia.


Guarda Municipal usa arma de eletrochoque em cidadão sem máscara na praia.

Enquanto isso, cidadãos de bem perderam seu direito de ir e vir, foram presos por não usarem máscara em locais públicos, nas praias ou praças ao ar livre.
Os estudantes, praticamente perderam o ano, com as escolas fechadas.
Empresários faliram ou contraíram dívidas pela proibição de funcionamento de seus estabelecimentos.
Ate quando viveremos com essa incerteza quanto ao término dessa pandemia?
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »