14/09/2020 às 12h53min - Atualizada em 14/09/2020 às 12h53min

Chilena Falabella pretende deixar a Argentina

São dez lojas no país

Kaio Lopes
Clarín
Aguiar Buenos Aires (REPRODUÇÃO)
A empresa chilena Falabella, que conta com 10 unidades na Argentina, além de ser uma das principais no ramos de construção e utensílios domésticos, pretende deixar o país em virtude da crise econômica que o afeta neste momento. Segundo o executivo do grupo, Gaston Bottazzini, se consumada a decisão, será principalmente por conta das oscilações cambiais, também pela dificuldade de importação dos produtos e pela falta de perspectiva de consumo. Vale destacar, contudo, que a retração do PIB argentino, neste ano, está em torno de 12%. 

A Falabella também administra 9 filiais da Sodimac e o cartão financeiro CRM, prestando serviço, através dessa última, para cerca de 300 mil clientes. O grupo tem buscado alternativas para mitigar a crise, mas, até o momento, o cenário não é favorável. Segundo Gaston, a saída da Argentina se daria por questão estratégica, a exemplo da Latam. 

O cenário econômico da Argentina é catastrófico. O êxodo das multinacionais é crescente e, mais recentemente, o grupo Walmart também manifestou sua intenção de encerrar suas atividades no território argentino.

- As informações são do Clarín.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

90.7%
9.3%