11/09/2020 às 09h43min - Atualizada em 11/09/2020 às 09h43min

Secretário estadual de Educação do RJ é preso; ex-deputada Cristiane Brasil é procurada

Vinicius Mariano
Pedro Fernandes, secretário estadual de Educação do RJ, foi preso nesta sexta-feira (11) na segunda fase da Operação Catarata, que investiga desvios em contratos de assistência social no governo do estado e na Prefeitura do Rio. Segundo o Ministério Público e a Polícia Civil do Estado, podem ter sido desviados aproximadamente 30 milhões.

Apesar de ser o atual secretário de educação, Pedro foi preso por ações durante sua gestão na Secretaria Estadual de Tecnologia e Desenvolvimento Social nos governos de Sérgio Cabral e de Luiz Fernando Pezão. Ao receber voz de prisão, o secretário apresentou um exame positivo de covid-19 e, por isso, sua prisão foi convertida em domiciliar.

Ao receber voz de prisão, Pedro Fernandes apresentou um exame positivo de Covid-19, o que transformou a prisão preventiva em domiciliar.

Além de Pedro, também foram presos Flavio Salomão Chadud, empresário, Mario Jamil Chadud, ex-delegado e pai de Flavio e
João Marcos Borges Mattos, ex-diretor de administração financeira da Fundação Leão XIII, que estava vinculada à Pasta de Pedro nos governos anteriores.

Cristiane Brasil
Há um mandado de prisão também para a ex-deputada federal e pré-candidata à prefeita do RJ Cristiane Brasil, filha do também ex-deputado federal Roberto Jefferson, que denunciou o esquema do mensalão. Cristiane responde por atos que teriam sido praticados entre maio de 2013 e maio de 2017, quando assumiu secretarias municipais nas gestões de Eduardo Paes e Marcelo Crivella.

Cristiane não foi encontrada em casa, mas, segundo sua assessoria, ela vai se apresentar à policia ainda hoje.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »