10/09/2020 às 09h10min - Atualizada em 10/09/2020 às 09h10min

Crivella é alvo da Polícia Civil em operação

São 22 mandados de busca e apreensão

Kaio Lopes
Da Redação
O DIA - IG (REPRODUÇÃO)
Nesta quinta-feira, (10), a Polícia Civil do RJ, em nova fase da Operação Hades, cumpriu 22 mandados de busca e apreensão na capital fluminense, incluindo a Prefeitura da cidade, A polícia esteve no prédio onde reside o prefeito Marcelo Crivella (REPUBLICANOS), na Barra da Tijuca, região nobre do município, e também no Palácio da Cidade, em Botafogo. 

A operação Hades, nesta nova fase, dá sequência à delação premiada de João Barreto, proprietário da Locanty, empresa que presta serviços à prefeitura do Rio. As investigações começaram em Março, quando, na oportunidade, os irmãos Marcelo e Rafael Alves foram enquadrados; primeiro, à época, presidia a Empresa Municial de Turismo, posição esta exonerada em virtude das ações. 

A delação, entre outras coisas, afirma ser Rafael Alves o comandante do esquema de corrupção. Segundo os detalhes, Alves havia conquistado a confiança de Crivella por viabilizar os recursos direcionados à campanha do atual prefeito em 2016.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »