08/09/2020 às 12h15min - Atualizada em 08/09/2020 às 12h15min

De volta aos gramados, goleiro Bruno deverá usar tornozeleira eletrônica nos jogos

Decisão judicial é do MP-AC

Kaio Lopes
Lancenet
Rondônia Vip (REPRODUÇÃO)
O goleiro Bruno, 35 anos, julgado e condenado pelo assassinato da modelo Eliza Samúdio, e que agora cumpre a pena em regime semi-aberto, deverá ter um tratamento diferente dos demais jogadores que integram o elenco do Rio Branco, seu clube contratante do Acre. O assassino terá de usar a tornozeleira eletrônica em todas as partidas das quais participar. 

De acordo com o pedido do Ministério Público do estado, expedido pelo juiz da Vara de Execuções Penais, Hugo Torquarto, todos os reeducandos em regime semiaberto fazem uso do equipamento eletrônico. Portanto, Bruno não é uma exceção e terá que usar a tornozeleira de forma ininterrupta.

"Os reeducandos no regime semiaberto no Acre usam tornozeleira eletrônica. Outros estados não sei, alguns usam e outros não, mas aí vai de cada estado. No Acre usa. Não poderia ser diferente dele, porque ele não é melhor que ninguém, não é porque ele é famoso que não vai colocar", explicou o promotor de Justiça Tales Fonseca Tranin.

Entretanto, existe a possibilidade de revisão da decisão do uso da tornozeleira durante os jogos. Cabe ao advgado da defesa comprovar que não existe a possibilidade do equipamento durante os treinos e as partidas.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »