05/09/2020 às 12h12min - Atualizada em 05/09/2020 às 12h12min

Ministra Carmem Lúcia, “O que seria da Amazônia sem as Forças Armadas?”

Cristina Barroso
Google reprodução
O Partido Verde (PV) questiona a presença das Forças Armadas na Amazônia, “verdadeira militarização da política ambiental brasileira”, argumenta o PV.
Eles acham que a presença dos militares estaria “usurpando competências dos órgãos de proteção da política ambiental, especialmente o Ibama”

Leia também 
https://tribunanacional.com.br/noticia/510/operacao-amazonia-2020-entra-em-acao

E a ministra Carmen Lúcia acatou essa falácia verde e determinou ao “Presidente da República” e ao “Ministro da Defesa” que prestem informações sobre o assunto no prazo de 5 dias. Conforme as informações a ministra decidirá sobe o assunto.
Se decidir a favor do PV, a ministra Cármen Lúcia deverá determinar o encerramento das ações militares na Amazônia.

Recentemente o ministro Marco Aurélio alertou que os partidos de oposição estão usando o STF para desgastar o governo.

“Como já disse em sessão, do caso da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), o STF está sendo utilizado pelos partidos de oposição para fustigar o governo. Isso não é sadio. Não sei qual será o limite!, afirmou o ministro.

É visível que o PV está atuando em favor dos interesses de ONGS que exploram a Amazônia e a presença dos militares não é benvinda.

General Heleno, responde a ministra  Carmem Lúcia em  suas redes sociais:

 


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »