04/09/2020 às 14h34min - Atualizada em 04/09/2020 às 14h34min

"Operação Amazônia 2020" entra em ação!

A Operação Amazônia 2020 é o maior exercício militar realizado este ano pelo Comando Militar da Amazônia (CMA) e contará com diversas tropas de outras regiões do país, incluindo uma bateria completa do sistema ASTROS 2020, demonstrando assim a enorme capacidade logística do Exército Brasileiro.

Cristina Barroso
Google reprodução
A “Operação Amazônia 2020”, que ocorrerá próximo a Manaus (AM), entre os dias 4 e 23 de setembro, as tropas já estão chegando.

A 2ª Brigada de Infantaria de Selva (2ª Bda Inf Sl) , com um efetivo de 241 militares do Comando Fronteira Rio Negro/5° Batalhão de Infantaria Selva, 2° Batalhão Logístico de Selva, Companhia de Comando, 21ª Cia Engenharia de Construção e 2° Pelotão de Comunicações de Selva, embarcaram em São Gabriel da Cachoeira (AM) na manhã do dia 31 de agosto em uma embarcação civil, tipo ferryboat com capacidade para 450 passageiros, e aportaram no Centro de Embarcações do Comando Militar da Amazônia (CECMA), em Manaus (AM), no dia seguinte ás 20h38s.

No dia 3 de setembro, chegaram ao CECMA o Módulo Logístico da Companhia de Comando e Apoio do Comando de Fronteira Solimões / 8º Batalhão de Infantaria de Selva (Cia C Ap/Cmdo Fron Solimões/8° BIS).
Assim que  as tropas chegam no CECMA, o pelotão e seus respectivos equipamentos,  passam imediatamente por diversos processos de triagem e de desinfecção, como forma de prevenir uma possível contaminação de COVID-19.



O 3º Batalhão de Infantaria de Selva (3º BIS) embarcou sua tropa em Barcelos (AM) na madrugada do dia 1º de setembro e o 6º Batalhão de Engenharia de Construção (6º BEC) iniciou seu deslocamento de Boa Vista (RR) para Manaus (AM), na madrugada do dia 2.
O contingente da 16ª Brigada de Infantaria de Selva (16ª Bda Inf Sl), composta por 237 militares da guarnição de Tefé (AM) e 150 militares da guarnição de Tabatinga (AM), totalizando 387 militares também estão a caminho.


A Operação Amazônia 2020 é o maior exercício militar realizado este ano pelo Comando Militar da Amazônia (CMA) e contará com diversas tropas de outras regiões do país, incluindo uma bateria completa do sistema ASTROS 2020, demonstrando assim a enorme capacidade logística do Exército Brasileiro.

Paulo Roberto Bastos Jr, Engenheiro de automação e Pesquisador militar, especialista em blindados e forças motomecanizadas da América Latina e Caribe, comentou que estão trabalhando e farão o possível para disponibilizarem uma cobertura in loco pelo Tecnologia&Defesa.
  O pântano está sendo drenado!!!
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »