28/08/2020 às 15h51min - Atualizada em 28/08/2020 às 15h51min

Comando Vermelho abriga mercenários estrangeiros

Os mercenários têm experiência militar para treinar e armar a facção criminosa. A inteligência do governo federal estima que a organização criminosa já possua um exército de 30 mil faccionados com braços no Acre e no Amazonas.

“Enquanto o STF conduz a política de segurança pública no Rio, o crime vai aumentando o efetivo e se especializando. Com seus braços no Norte, ele controla a cadeia da droga no Brasil. É uma Farc em criação, que pode sair do controle do Estado”, diz uma fonte do governo.
Um relatório de inteligência do governo Bolsonaro informa que o Comando Vermelho abriga “mercenários da África e Europa Oriental”.

Os mercenários têm experiência militar para treinar e armar a facção criminosa.

O Comando Vermelho é a maior facção do tráfico da capital fluminense.

A inteligência do governo federal estima que a organização criminosa já possua um exército de 30 mil faccionados com braços no Acre e no Amazonas.

Em decisão recente, o STF proibiu ações policiais nos morros cariocas, proibindo até o uso de helicópteros, e as famílias que residem nessas comunidades, além de viverem diariamente com a violência, agora estão sendo expulsas de suas próprias casas por traficantes.
Os imóveis são revendidos para outras pessoas e na maioria dos casos, as vítimas sequer conseguem tirar seus pertences de casa.
Isso vem acontecendo na favela Cinco Bocas, em Brás de Pina, na Zona Norte do Rio de Janeiro.
Desde que uma nova facção tomou conta do tráfico de drogas na região, barreiras foram levantadas para impedir que a polícia e pessoas indesejadas entrem no local.

E assim segue a proteção aos bandidos e traficantes que com a ajuda do STF criam verdadeiros bunkers do crime e aplica-se os rigores da lei aos que deveriam ser protegidos por ela!
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

90.1%
9.9%