27/08/2020 às 13h01min - Atualizada em 27/08/2020 às 13h01min

Furacão Laura chega aos EUA

O Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) informou que o olho do furacão chegou ao continente no distrito de Cameron, no Estado da Loisiana, à h da manhã (hoar local).

Cristina Barroso
Google reprodução
Furacão Laura, considerada  tempestade de categoria 4 na escala Saffir-Simpson, chega aos EUA trazendo ameaça de ‘ressacas catastróficas, ventos extremos e inundações’.



Mais de meio milhão de pessoas estão sendo evacuadas no Texas e em Loisiana. A  tempestade atingiu a costa sudeste dos Estados Unidos na manhã desta quinta-feira(27).
O Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) informou que o olho do furacão chegou ao continente no distrito de Cameron, no Estado da Loisiana, à h da manhã (hoar local). O furacão viaja a uma velocidade de 2 Km/h, com ventos de até 240 Km/h.Calcula-se que esse pode ser um dos mais poderosos furacões a atingir a região.

O olho de Laura atravessará o noroeste da Loisiana durante esta quinta-feira, o Arkansas à noite e chegará ao vale do Mississipi na sexta-feira.
Mais de 385 mil pessoas receberam ordem de evacuação nas cidades de Beaumont, Galveston e Port Arthur, no Texas; e outras 200 mil em Calcasieu Parish, no sudeste da Loisiana.

Além disso , trabalhadores de pelo menos 281 plataformas de petróleo no Golfo do México foram evacuados.
O NHC alertou para a provável subida do nível do mar e a sentrada de água na terra, principalmente ao longo da costa onde Laura tocar o continente; e que também produzirão “ondas grandes e destrutivas”, segundo informou a agência de notícias EFE.
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »