25/08/2020 às 15h22min - Atualizada em 25/08/2020 às 15h22min

Daltan Dallangnol será julgado hoje a pedido de Lula

A defesa quer apurar se houve desvio de função por parte do procurador.

Cristina Barroso
Google reprodução
Atendendo um “pedido” da defesa do ex-presidente Lula, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin, marca julgamento contra o procurador Daltan Dallangnol pra esta  terça-feira (25), na próxima sessão do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).
Vemos a narrativa de inocentar Lula se desenhando.
A defesa de Lula alega que o power point apresentado pelo procurador Dallangnol, que apresentava Lula na posição de chefe de organização criminosa, incorreu em desvio de função.



A defesa quer apurar se houve desvio de função por parte do procurador.
“Concedo em parte a tutela de urgência requerida, a fim de determinar que o Conselho Nacional do Ministério Público mantenha a inclusão na pauta de pedido de providências”, escreveu Fachin.
A defesa de Lula destaca que o pedido foi feito há 4 anos e teve sua análise adiada por 42 vezes pelo Conselho.
No julgamento o advogado do ex-presidente, Cristiano Zanin Martins, fará sustentação oral com duração de 10 minutos.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »