25/08/2020 às 12h38min - Atualizada em 25/08/2020 às 12h38min

''Casa verde e amarela'', de Bolsonaro, beneficiará Norte e Nordeste

Programa substituirá o ''Minha casa, Minha vida''

Kaio Lopes
Da Redação
O GLOBO (REPRODUÇÃO)
Na manhã desta terça-feira, (26), o presidente Jair Bolsonaro, através de Medida Provisória, criou o projeto ''Casa verde e amarela'', programa habitacional e que substituirá o ''Minha casa, minha vida'', um dos carro-chefes dos governos anteriores. 

O lançamento ocorreu durante uma cerimônia no Palácio do Planalto. O investimento prevê beneficiar mais de 1,6 milhões de famílias carentes até 2024, aumentando em até 350 mil o número de beneficiários. Há, ainda, um foco na regularização fundiária dos terrenos, na reforma de imóveis e também retomada de obras.

A medida visa equilibrar os gastos com programas assistenciais, uma vez que o ''Minha casa, minha vida'', criado em 2009, sofre, até agora, com atrasos de repasses e paralisação de obras projetadas, tudo em virtude do déficit econômico do país.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »