17/07/2022 às 17h58min - Atualizada em 17/07/2022 às 17h58min

'Peixe do fim do mundo' gigante é pescado no Chile e deixa moradores apavorados [VÍDEO]

O peixe Remo também conhecido como peixe terremoto, sempre que aparece anuncia terremotos e tsunamis, conforme crença popular.

Cristina Barroso
(Reprodução)
A notícia de que um peixe-remo foi capturado esta semana no norte da costa do Chile, próximo a Arica, deixou os moradores do país andino bastante preocupados. Para quem não sabe, a aparição do animal marinho é vista como um “aviso” de que um terremoto ou tsunami, ou os dois ao mesmo tempo, estão por vir. Então você pode pensar: crendice! Bem, ainda não se chegou a uma explicação científica que comprove a conexão entre as duas coisas, mas é inegável que o também conhecido como “regaleco” apareceu em regiões costeiras de todo o mundo poucos dias antes desses fenômenos ocorrerem.

O peixe-remo é um ser marinho que habita as profundezas do oceano, a até mil metros abaixo da superfície. Ele pode atingir até 11 metros de comprimento (o encontrado no Chile tinha 5,8 metros) e segundo biólogos só vem à tona quando estão doentes, próximos da morte ou em situação de reprodução. Os japoneses há muito tempo acreditam que o peixe-remo é o “mensageiro do Palácio de Deus no mar”, o que teria sido atribuído à criatura justamente pelo fato dela aparecer dias antes de terremotos e tsunamis. Está de fato registrada a aparição de vários desses peixes nos dias que antecederam o terremoto e o tsunami de Fukushima, em 2011, que deixaram mais de 20 mil japoneses mortos.

 
Não foi o único caso recente. Em junho de 2020, em plena pandemia, um exemplar do peixe-remo foi pescado na costa de Cozumel, no México, e pouco mais de uma semana depois um forte terremoto de 7,5 pontos na escala Richter foi registrado na área.
No entanto, segundo a literatura biológica, outras ocorrências do peixe-remo teriam acontecido em regiões como a Austrália, Califórnia, nos EUA e Suécia, sem que qualquer fenômeno sísmico ocorresse posteriormente.
 
Numa entrevista à rede CNN, dos EUA, Kazusa Saiba, biólogo responsável pelo Aquário de Ouzu, no Japão, tratou de dizer que aquela relação estabelecida entre o ser marinho e os acontecimentos geológicos, até agora, seriam uma coincidência, do ponto de vista científico, embora ele tenha afirmado que não negaria peremptoriamente esta relação, que realmente é forte e poderia esconder uma explicação pela ciência futuramente.

"Não há nenhuma evidência científica para a teoria de que os peixes-remo aparecem em torno de grandes terremotos. Mas não podemos negar 100% a possibilidade”, disse Saiba.


Veja as imagens do peixe-remo capturado na costa chilena:
 

Dezenas de pessoas veem dois planetas gêmeos gigantescos e misteriosos no céu de Dubai [VÍDEO]

A estrutura de Anunnaki antes do dilúvio: uma cidade antiga de 200.000 anos descoberta na África  

Profecias do juízo final: 3 dias de escuridão estão chegando? (Vídeo)  

 
Considere apoiar o Tribuna Nacional
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. 




ESTAMOS NO GETT  


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.