04/07/2022 às 13h57min - Atualizada em 04/07/2022 às 13h57min

PREOCUPANTE: Esmagador de átomos gigante que revelou 'partícula de Deus' reinicia, junto com teorias da conspiração do fim do mundo

“Vamos colocar em uma colisão, pela primeira vez, no LHC, prótons com um recorde de energia de 6,8 tev por feixe”, disse Delphine Jacquet, engenheira responsável pelo LHC. “Nessa energia, a colisão será de 13,6 tera elétron-volts, e este será um registro muito bom para o experimento.”

Cristina Barroso
Resist the Mainstream
(Reprodução)
O colisor de partículas de alta energia operado pela Organização Europeia para Pesquisa Nuclear (CERN) não criará um buraco negro na segunda-feira. Provavelmente.

Há dez anos, pesquisadores confirmaram a existência do bóson de Higgs, a chamada “partícula de Deus” que explica como as partículas criadas pelo “Big Bang” desenvolveram massa. Como as colisões matéria-antimatéria que criaram o Big Bang não produzem nada além de fótons, algo deve tê-los afetado para adicionar massa. 
Caso contrário, nem a Terra nem os humanos existiriam porque ambos são feitos de matéria.

Nos últimos três anos, a instalação subterrânea de alta tecnologia foi fechada para reparos e atualizações. 

A combinação de máquinas, ímãs e refrigerante se combinam para acelerar blocos de construção atômicos, como prótons, a uma velocidade próxima da velocidade da luz. Ele começou a ser energizado em abril com níveis de energia mais baixos, até o lançamento de segunda-feira de um experimento de três anos usando energia que será 10 vezes maior do que a usada para confirmar o bóson de Higgs.

Túneis escavados 100 metros abaixo das cidades suíças abrigam o Large Hadron Collider (LHC) do CERN, que possui 35 quilômetros de máquinas. Cada máquina injeta o feixe na próxima, que assume para trazer o feixe para uma energia ainda maior, que continua até o último estágio

“Vamos colocar em uma colisão, pela primeira vez, no LHC, prótons com um recorde de energia de 6,8 tev por feixe”, disse Delphine Jacquet, engenheira responsável pelo LHC. “Nessa energia, a colisão será de 13,6 tera elétron-volts, e este será um registro muito bom para o experimento.”

“A partir deste momento, serão os dados retirados do experimento, por um longo período de 3 anos, esperando que tenhamos novas descobertas e coisas interessantes saindo dessas colisões.”

 
O número sem precedentes de colisões esperadas permitirá que os físicos do CERN estudem o bóson de Higgs em grande detalhe e coloquem o Modelo Padrão da física de partículas em seus testes mais rigorosos até agora, explicou a organização.

Além de um estudo mais aprofundado do bóson de Higgs, os pesquisadores criarão colisões especiais de próton-hélio para medir com que frequência essas colisões geram as contrapartes de antimatéria dos prótons. 

Os físicos de partículas também estudarão colisões envolvendo íons de oxigênio para melhorar seu conhecimento da física dos raios cósmicos e do plasma quark-glúon, um estado da matéria que existiu logo após o Big Bang.

A mídia social viu postagens que expressavam medo de que os experimentos levassem à criação de um buraco negro que engoliria a Terra ou criaria uma deformação no contínuo espaço-tempo. Outros mantinham o senso de humor.

“Todas essas pessoas preocupadas com Satanás, 666 etc, eu gostaria apenas de salientar que o CERN, lar do Grande Colisor de Hádrons (que teoricamente pode criar um buraco negro) tem uma estátua de Lord Shiva, Destruidor de Mundos, no entrada”, comentou uma conta. "Tenho certeza de que não é nada, no entanto."

+Dr. Zelenko, que avisou que estava na 'lista de assassinatos das grandes empresas farmacêuticas', é encontrado morto 
Memorando vazado revela escassez de alimentos 'planejada' por Rockefeller anos atrás
CORRA, TEMOS APENAS MAIS SEIS MESES! Dr. Vernon Coleman

Revista Science admite que “vacinas” covid são inúteis e prejudiciais
Investigadores descobrem que a destruição da cadeia alimentar é 'trabalho interno' da 'Nova Ordem Mundial'
Os 7 principais “eventos adversos” pós-vacinação COVID-19 MAIS ASSUSTADORES que estão se tornando mais comuns

Não leia isso se estiver vacinado
Revista Science admite que “vacinas” covid são inúteis e prejudiciais
Angelina Jolie admite ter 'rituais de sangue horríveis dos Illuminati'
 

Considere apoiar o Tribuna Nacional
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. 


GETTR



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.