18/08/2020 às 09h29min - Atualizada em 18/08/2020 às 09h29min

Tio que estuprou e engravidou sobrinha de 10 anos no ES é preso em MG

Vinicius Mariano
O tio que estuprou e engravidou a sobrinha de 10 anos no interior do Espírito Santo foi preso na madrugada desta terça-feira (18) em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, MG. A informação foi divulgada no Twitter pelo governador capixaba, Renato Casagrande:

Antes de ir para Minas Gerais, o criminoso se escondeu na Bahia. Preso, ele já está a caminho do Complexo Penitenciário de Xuri, em Vila Velha, na Região Metropolitana de Vitória, capital do ES. O homem, que já foi preso anteriormente por tráfico, foi indiciado por estupro de vulnerável e ameaça.

A Polícia Civil do Espírito Santo também confirmou que o indiciado estava na Grande BH. "A equipe está em deslocamento para o Espírito Santo. Mais detalhes serão divulgados em coletiva de imprensa com horário a definir", informou.

O caso foi descoberto na semana passada, após a criança ser levada para um hospital em São Mateus (ES) com sintomas de gravidez. No local, exames confirmaram que a gestação era de três meses. Após a garota relatar que sofria abusos sexuais do tio, a polícia abriu investigação e passou a procurar o suspeito, que estava foragido. O caso revoltou moradores da cidade e mobilizou usuários das redes sociais.

Na noite desse domingo (16), médicos de Pernambuco fizeram o procedimento de interrupção da gravidez da menina (aborto), que era estuprada desde os 6 anos pelo tio. A criança tem quadro de saúde estável.

A Justiça do Espírito Santo autorizou o procedimento. O juiz Antonio Moreira Fernandes, da Vara da Infância e da Juventude de São Mateus, município no norte do estado onde a menina mora, deu aval à interrupção da gravidez da vítima, que foi levada para Recife, já que no Espírito Santo o atendimento do hospital autorizado a fazer o procedimento teria se recusado a executá-lo.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

90.1%
9.9%