28/05/2022 às 14h19min - Atualizada em 28/05/2022 às 14h19min

INACREDITÁVEL: Polícia mata um homem na traseira de veículo policial usando câmara de gás improvisada [VÍDEO]

Genivaldo de Jesus Santos, 38 anos, morreu por asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda após abordagem violenta da Polícia Rodoviária Federal (“PRF”) na quarta-feira, 25 de maio.

Cristina Barroso
Daily Exposè
(Reprodução)
Em plena luz do dia, a polícia rodoviária enfiou um homem com dificuldades de aprendizado em uma câmara de gás improvisada, matando-o imediatamente. Seu nome era Genivaldo de Jesus Santos e a história está causando uma tempestade de indignação no Brasil, twittou o escritor do MintPress Alan MacLeod .

Genivaldo de Jesus Santos, 38 anos, morreu por asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda após abordagem violenta da Polícia Rodoviária Federal (“PRF”) na quarta-feira, 25 de maio. 
A PRF é responsável pela segurança viária e repressão aos crimes nas rodovias federais. O homem não resistiu após ser preso por dois policiais dentro de uma espécie de “câmara de gás” montada no porta-malas do veículo da PRF.

O laudo do Instituto Médico Legal (“IML”) afirmou que as causas da morte foram asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda.

Segundo testemunhas, de Jesus Santos foi abordado durante uma parada de trânsito na rodovia, enquanto andava de motocicleta. Imagens de um vídeo gravado por uma pessoa que presenciou a cena mostram que a ação começa com três agentes que se lançam sobre o homem, na tentativa de imobilizá-lo ao encontrar um pacote de remédios com ele.

“A ordem de parada foi dada, ele parou, colocou a moto no tripé e obedeceu a todas as ordens que o policial deu. O policial mandou ele levantar a camisa, e ele o fez e disse ao policial que tinha remédio e receita no bolso, indicando que tinha problemas mentais”, explicou o sobrinho da vítima , Wallisson de Jesus.

Os avisos, no entanto, não parecem influenciar os agentes, que se posicionaram sobre o homem que havia caído no chão. Depois de um tempo, os agentes da PRF jogaram de Jesus Santos no porta-malas da viatura policial. Pelas frestas da porta do porta-malas meio fechada, a fumaça pode ser vista escapando enquanto as pernas de Jesus Santos balançam em desespero enquanto ele grita dentro do carro.

Assim que Santos parou de se debater e gritar, a polícia fechou a porta do porta-malas, entrou no veículo e saiu do local.

AVISO: Cenas fortes!

ASSISTA O VÍDEO   


O incidente provocou um protesto na cidade brasileira de Umbaúba, onde ocorreu.


Denunciante da ONU: “Monkeypox é uma arma biológica”
EUA compram milhões de vacinas contra Monkeypox após um caso confirmado em Massachusetts
O raro vírus Monkeypox chega, assim como Gates e a OMS 'previram' - vacinas 'milagrosamente' prontas
MEDO POR NOVA DOENÇA CHAMADA MONKEYPOX já leva clínicas do Reino Unido a trazer de volta o distanciamento social
 

 Considere apoiar o Tribuna Nacional
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. 


ESTAMOS NO GETTR




Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.