13/08/2020 às 11h43min - Atualizada em 13/08/2020 às 11h43min

INSS facilitando a vida do segurado

A Exigência Expressa será implantada em todo o país para facilitar aos segurados a entrega de documentos faltantes para concluir a análise de seu requerimento.

Rede Jornal Contábil
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou nesta segunda-feira (10) as orientações para a entrega de documentos, junto ao órgão, por meio da Portaria 205 Dirat/INSS de 7 de agosto.
 

A Exigência Expressa será implantada em todo o país para facilitar aos segurados a entrega de documentos faltantes para concluir a análise de seu requerimento.
A medida foi adotada porque o INSS aplicou o atendimento remoto desde março, devido ao decreto de emergência provocada pela pandemia do coronavírus.
A entrega de documentos por esse meio alternativo consiste na disponibilização de urnas na entrada das agências para que o interessado deposite cópia simples dos documentos solicitados pelo INSS, na unidade mais próxima de sua residência.

Iniciada como uma experiência-piloto em São Paulo no começo de julho, a medida foi adotada porque, com a suspensão do atendimento presencial, devido à situação de emergência em saúde provocada pela pandemia, o INSS percebeu que era preciso oferecer mais uma opção às pessoas cujos processos não avançam porque elas precisam cumprir a exigência para que a análise seja concluída. Cabe lembrar que os documentos pendentes podem ser anexados pelo Meu INSS.
 
Ainda enquanto uma experiência-piloto, a Exigência Expressa já vinha sendo expandida para outros estados.
 
Assim, é possível encontrar urnas hoje em 831 agências de atendimento, sendo 239 em São Paulo, 160 no Sul e 432 no Nordeste. Nestas duas regiões, o serviço se encontra à disposição em todas as capitais: Aracajú (SE), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Natal (RN), Recife (PE), Salvador (BA), São Luís (MA) e Teresina (PI).
 
Apelidado de “Drive Thru” do INSS, o novo sistema se espalhou pelo interior e chegou também a outros importantes centros urbanos das duas regiões, como Campina Grande (PB), Caruaru (PE), Cascavel (PR), Caucaia (CE), Caxias do Sul (RS), Joinville (SC), Londrina (PR), Maringá (PR), Mossoró (RN), Pelotas (RS), Petrolina (PE), Ponta Grossa (PR) e Vitória da Conquista (BA).
 
Como funciona?
Para assegurar a entrega dos documentos é preciso realizar agendamento pelo telefone 135 ou Meu INSS, tendo em mãos o número do protocolo do benefício em análise e nome e CPF da pessoa que efetivamente depositará o envelope na urna.
Ao agendar o serviço de Exigência Expressa, o usuário será orientado a proceder da seguinte forma na entrega: preencher e assinar o formulário de “Autodeclaração de Autenticidade e Veracidade das Informações” e inseri-lo em um envelope lacrado juntamente com a cópia do seu RG e as cópias simples dos documentos apontados na exigência.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »