07/05/2022 às 20h08min - Atualizada em 07/05/2022 às 20h08min

Chefes de saúde dizem que cães podem estar causando surto de hepatite em crianças

Cães de estimação estão sendo investigados como uma causa potencial de um misterioso surto de hepatite entre crianças pequenas em todo o mundo.

Luiz Custodio
dailymail.co.uk
Os chefes de saúde afirmaram que um número 'alto' de crianças com 10 anos ou menos vem de famílias que possuem cães ou tiveram 'exposições' a eles.

A Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido (UKHSA), encarregada de descobrir por que dezenas de crianças desenvolveram o tipo incomum de doença hepática, disse que a “significação dessa descoberta está sendo explorada”.

Os relatórios do Mail Online : Especialistas disseram que o link era um 'um pouco forçado', dada a forma como a propriedade de cães é comum no Reino Unido.

 

Enquanto isso, as autoridades revelaram hoje que outros 18 jovens foram atingidos pela doença, elevando o total do Reino Unido para 163 desde janeiro. Onze precisaram de um transplante de fígado. 

Quase 300 casos já foram detectados em todo o mundo, sugerem os números. Uma morte foi confirmada, enquanto quatro estão sob investigação. Mas nenhum deles está no Reino Unido.

Os cientistas ficaram confusos sobre o que está causando a doença – com os vírus habituais da hepatite A, B, C, D e E excluídos dos resultados dos testes laboratoriais. 

Os chefes de saúde acreditam que o culpado pode ser um adenovírus. No entanto, as investigações estão em andamento porque geralmente causam resfriados e problemas estomacais. 

Duas cepas de adenovírus são conhecidas por infectar cães, incluindo uma que causa hepatite infecciosa. O outro é um dos patógenos que desencadeia a 'tosse do canil'. 

Três quartos das 163 crianças com hepatite do Reino Unido testaram positivo para adenovírus, mostra a análise.

Mas a UKHSA admitiu que era possível que os outros também tivessem o vírus devido à maneira como os testes são realizados. 

Alguns dos casos negativos procuraram apenas adenovírus em amostras respiratórias e fecais, embora seja detectado principalmente no sangue. 

Os acadêmicos acreditam que os bloqueios podem ter enfraquecido a imunidade das crianças e as deixado mais suscetíveis ao vírus.

Mas a UKHSA também reconheceu que uma onda de adenovírus “excepcionalmente grande” pode ser o motivo pelo qual a condição está aparecendo com mais frequência do que o esperado, ou pode até ser uma forma mutante de adenovírus. 

A hepatite geralmente é rara em crianças, mas os especialistas já identificaram mais casos no Reino Unido desde janeiro do que normalmente esperariam em um ano. 

Os casos são de 'origem desconhecida' e também são graves.

Outra teoria é que as crianças podem estar lutando contra o adenovírus ao mesmo tempo que o Covid, ou que a complicação pode ser longa Covid.

No entanto, as autoridades de saúde descartaram a vacina Covid como uma possível causa porque a maioria das crianças britânicas doentes não foi vacinada devido à sua tenra idade.
 

43.898 MORTOS, mais de 4 milhões de feridos após vacinas COVID-19 no banco de dados europeu

+ Os CFOs da Pfizer e da Moderna renunciaram esta semana – Apagão da mídia

+ Alto número de AVCs causados ​​pelas vacinas Covid-19 pode explicar por que tantos vacinados também estão ficando cegos

Pfizer oferece a médico US $ 1 milhão em dinheiro: 'É assim que eles silenciam você, colocam você na folha de pagamento' (vídeo)

MÉDICO BATE O MARTELO: 'picadas de mRNA causando câncer, coágulos, inflamações cardíacas'

+
 Aviso: Elon Musk está fornecendo aos globalistas tecnologia para controlar nossas mentes (Assista)

Considere apoiar o Tribuna Nacional
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. 

ESTAMOS NO GETTR


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.