10/08/2020 às 12h24min - Atualizada em 10/08/2020 às 12h24min

Diretora de saúde da Califórnia renuncia ao cargo após falhas nos dados da COVID-19

A saída da médica surpreendeu os democratas

Kaio Lopes
FOX NEWS
WGME.COM (REPRODUÇÃO)
Após o estado da Califórnia ultrapassar 550 mil casos registrados do novo coronavírus, a secretária pública de saúde da gestão democrata de Gavin Newsom, Dra. Sonia Angell, anunciou sua saída da pasta. A motivação seria, a princípio, um erro de cálculo prejudicial para o acompanhamento dos casos, inviabilizando o seu trabalho. Apesar das informações prévias, a médica não deixa claro, na carta de demissão, o que culminou na decisão final. Confira:

''Como a primeira latina nessa função, estou muito orgulhosa de ter servido a este Departamento (o de saúde), a Administração e ao nosso Estado, ao lado de todos vocês. Por meio do secretário Mark Ghaly e os vice-diretores chefes do nosso departamento, Susan Fanelli e Brandon Nunes, há planos prontos para uma transição de liderança tranquila''.

Gavin Newsom, governador da Califórnia, agradeceu os serviços prestados por Sonia: ''Quero agradecer à Dra. Sonia Angell por seus serviços ao Estado e seu trabalho para ajudar a orientar nosso sistema de saúde pública durante esta pandemia global, sem nunca perder de vista a importância da igualdade na saúde'', concluiu em comunicado. 

Agora, com a saída de Angell, Sandra Shewry e Erica Pan, juntas, terão o comando tanto da diretoria quanto dos cargos oficiais do Departamento de Saúde da Califórnia. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »