04/08/2020 às 18h45min - Atualizada em 04/08/2020 às 18h45min

Internautas cobram Mourão após fala pró Huawei

Vice presidente disse não temer retaliações dos EUA caso Brasil não exclua a Huawei da licitação 5g

Vinicius Mariano
O vice-presidente Hamilton Mourão cumprimentando o ditador da China Xi Jinping
O vice-presidente, Hamilton Mourão, disse nessa terça-feira (4) que o Brasil não teme retaliação dos EUA caso escolha a empresa chinesa Huawei na disputa pela conexão 5G no Brasil. A Huawei é acusada internacionalmente de ser uma empresa espiã ligada ao Partido Comunista Chinês, o que tem levado a países como Estados Unidos, Reino Unido, França e Portugal e banirem a empresa das instalações da nova conexão. 

Mourão destacou que não pode impedir a presença de nenhuma concorrente no leilão do 5G e lembrou que mais de um terço das empresas de comunicação que operam o 4G no país têm equipamentos da Huawei e seriam prejudicadas por um eventual banimento da empresa. O leilão do 5G deveria ocorrer neste ano, mas foi adiado devido à pandemia.

Após as falas do vice-presidente, internautas, intelectuais e jornalistas conservadores o criticaram no Twitter. Confira:

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

90.1%
9.9%