01/08/2020 às 01h56min - Atualizada em 01/08/2020 às 01h56min

Elon Musk na mira da justiça da Califónia

O fechamento de serviços não essenciais, foi determinado por autoridades locais, o que incluía a fábrica da empresa em Fremont. O presidente Donald Trump pede que o governo autorize reabertura.

Cristina Barroso

 
Elon Musk, CEO da Tesla, reabriu a fábrica da montadora na Califónia, nessa segunda-feira (11), apesar da determinação das autoridades locais, do fechamento dos serviços não essenciais diante da pandemia do novo coronavírus.
"Estarei na linha [de produção] com todo mundo. Se alguém for preso, peço que seja apenas eu", disse o empresário em publicação no Twitter.
.
O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou nesta terça-feira (12) um tuíte onde pede que o governador da Califórnia autorize a reabertura da fábrica. "A Califórnia deveria deixar a Tesla & @elonmusk abrir a fábrica, agora. Isso pode ser feito rapidamente e com segurança", disse.
A declaração de Trump apesar de representar um importante apoio, não tem valor legal. A fábrica está sob a jurisdição do estado da Califórnia e do condado de Alameda, onde está localizada.
 
Musk esperava a retomada das atividades nesta segunda-feira após o governador da Califórnia, Gavin Newsom, sugerir o relaxamento de medidas restritivas no estado em pronunciamento na sexta-feira (8). No sábado, funcionários já movimentaram as instalações da Tesla em Fremont, segundo o The Verge.

Os executivos da montadora receberam das autoridades a notícia de que o Distrito de Alameda, decidiu adiar o relaxamento das regras preventivas. Scott Haggerty, supervisor do distrito, anunciou um acordo com a Tesla para permitir a abertura da fábrica no dia 18 de maio, segundo informou o The New York Times.

Em seguida Musk disse, no twitter, que a montadora havia entrado com uma ação judicial no Tribunal Distrital dos Estados Unidos contra o prolongamento da quarentena que estaria contariava a ordem do governador Gavin Newsom.

Elon Musk disse ainda que a Tesla pode transferir suas operações de Fremont para outra cidade.
A fábrica é reponsável emprega cerca de 10 mil funcionários e é responsável pela montagem dos veículos elétricos Model 3, Model S, Model X e Model Y.

A Tesla fechou suas instalações apenas no dia 23 de março, uma semana depois da ordem de confinamento do distrito de Alameda, e dias depois da ordem do governo do estado da Califórnia. Em 13 de abril, a Tesla adotou um plano de redução salarial para todos os empregados nos Estados Unidos.
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »