26/01/2022 às 09h32min - Atualizada em 26/01/2022 às 09h32min

Rússia realiza exercícios militares, EUA alertam tropas em meio a temores de invasão da Ucrânia

Com a diplomacia paralisada , Rússia, Ucrânia e EUA pareciam se preparar para um possível conflito

Luiz Custodio
axios.com / allsides.com

Na segunda-feira, os EUA colocaram 8.500 soldados em “maior preparação para desdobrar” para a Europa Oriental ; no entanto, um porta-voz do Pentágono disse que os EUA  não pretendem  enviar tropas para combater a Rússia. A Rússia respondeu à notícia anunciando exercícios militares adicionais envolvendo unidades de mísseis balísticos de curto alcance. 

Enquanto isso, os EUA continuaram a transportar armas para a Ucrânia. As tropas russas continuaram a viajar para a Bielorrússia para realizar exercícios militares conjuntos com as forças bielorrussas; a  capital ucraniana de Kiev  fica a menos de 50 milhas da fronteira bielorrussa. 

Apesar das crescentes tensões, a cobertura em vários veículos disse que ainda não está claro se a Rússia invadiria. Alguma cobertura destacou como  a TV estatal russa  usou vários táticas de parcialidade da mídia  para  enquadrar a OTAN como agressora . 

 

Os meios de comunicação à esquerda e ao centro eram um pouco mais propensos a apresentar notícias sobre a Rússia e a Ucrânia com destaque na terça-feira, com cobertura focada em uma ampla gama de questões relacionadas à região.

VEJA TAMNÉM: TEL AVIV DÁ SINAL VERDE PARA CONSTRUÇÃO DA 'TORRE DE BABEL'

Considere apoiar o Tribuna Nacional
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. 


ESTAMOS NO GETTR



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.