24/01/2022 às 16h16min - Atualizada em 24/01/2022 às 16h16min

VACINA PARA O CORONAVÍRUS Freira recusa 'vacina': 'Se eu for multada, não pagarei, não acredito nas mentiras' (vídeo)

Irmã Rosalina Ravasio está disposta a reconsiderar ser “vacinada” se o Estado lhe garantir 7 milhões de euros de indenização se algo acontecer com ela.

Luiz Custodio
rairfoundation.com / bloombergquint.com

Em 5 de janeiro de 2022, a Itália declarou a “vacinação” Covid obrigatória para pessoas com 50 anos ou mais. No entanto, a reverenciada Irmã Rosalina Ravasio se recusa a cumprir a ordem do Estado. A corajosa freira está disposta a reconsiderar, mas com uma condição: o Estado deve assinar uma carta que lhe garantirá uma indenização de € 7.000.000,00 (7 milhões de euros) se algo acontecer com ela. 

Irmã Ravasio é a fundadora da Comunidade Shalom de Palazzolo. Desde 1986, ela está envolvida na recuperação de meninos e meninas viciados em drogas. A Irmã é uma figura histórica da comunidade e amiga íntima do técnico da seleção nacional de futebol, Roberto Mancini.

TENDÊNCIA: Após O Lançamento Da “Vacina”, As Taxas De Miocardite Dispararam – Veja Você Mesmo!

 

Em 8 de janeiro de 2022, a freira se manifestou contra as injeções obrigatórias de terapia genética durante o tradicional concerto do Hermitage na presença do vigário geral da diocese de Brescia, Dom Gaetano Fontana,

Tornaram a vacinação obrigatória para pessoas com mais de 50 anos. Não vou me vacinar [em dialeto]. Mas não porque eu seja anti-vax ou pró-vax. Mas porque eu não posso acreditar em todas as mentiras, eles têm falado sobre essas vacinas.

Por favor, vigário geral, diga isso ao bispo no caso de você ler no jornal que eles me detiveram. Diga-lhe isto: amanhã vou a um dos nossos advogados, Mombelli. Estou dizendo a ela para escrever uma carta. Se eu for multado por não ter sido vacinado, não vou pagar”.

“A Providência é muito maior que o Estado”

“Se eu for obrigada a me vacinar, vou chamar meu advogado”, continuou Irmã Rosalina, “vou dizer a ela para escrever uma carta. Porque a providência é muito maior que o Estado.”

“Vivemos graças à providência há 36 anos. Sem receber um centavo do Estado e tenho orgulho disso”, exclamou a Freira. “E o Estado nunca poderia nos apoiar tão bem quanto a providência. Então estou falando muito sério: vou fazer o advogado escrever uma carta onde afirmo que meu nível de D-dímero é alto. Que eu já estava com Covid, só estava gripado”.

Indenização para aqueles que sofrem danos da vacina

Após uma tremenda pressão do conservador de Matteo Salvini , o programa de compensação de vacinação da Itália agora incluirá aqueles prejudicados pelas “vacinas” obrigatórias. A lei estabelece que a indenização é devida “àqueles que sofreram lesões ou enfermidades, das quais resultou um comprometimento permanente da integridade psicofísica, devido à vacinação anti-Sars-Cov-2 recomendada pela autoridade italiana”. Cinquenta milhões foram alocados ao fundo em 2022 e outros cem milhões para o ano seguinte.

A Irmã Ravasio alertou que, se for forçada a ser vacinada e experimentar os efeitos colaterais da injeção com risco de vida, ela lutará contra o Estado por uma compensação monetária significativa. Qualquer dinheiro que ela recebesse iria para sua Igreja e comunidade,

Vou pedir sete milhões de euros de indemnização. Se eu acabar paralisado, se acabar como muitos voluntários meus, dois ou três estão morrendo. Todos são diagnosticados com as mesmas doenças, cânceres da cabeça ao pâncreas.

Eles aumentaram 350%. O Estado terá que pagar. Mas não porque eu valho tanto. É porque o Estado não é capaz de sustentar minha própria comunidade tão bem quanto a providência.

Você não pode ver? O Estado é minúsculo comparado a Deus. O Estado deve imediatamente sete milhões de euros à minha comunidade. Se o Estado assinar, dizendo que vai pagar esse dinheiro, vou me vacinar com o primeiro jab. Eu não vou conseguir o último jab, apenas o primeiro.

 

Assista ao comovente discurso da Irmã Rosalina Ravasio durante o tradicional concerto do Hermitage:


 

Considere apoiar o Tribuna Nacional
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. 


ESTAMOS NO GETTR



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.