29/12/2021 às 10h31min - Atualizada em 29/12/2021 às 10h31min

Jogo sujo de checagem de fatos: como os verificadores de fatos mentem e manipulam

Os arquitetos da agenda estão trabalhando nos bastidores para organizar a narrativa de acordo com seus planos - mas estão começando a perder credibilidade e influência

Luiz Custodio
Redação
Eles tentam a todo custo impor suas mentiras e esconder a verdade
 

As rodas estão caindo da narrativa. Os arquitetos da agenda, trabalhando nos bastidores para organizar a narrativa de acordo com seus planos, estão começando a perder credibilidade e influência.

TENDÊNCIAS: Revelado o plano de George Soros para destruir a América

 

As organizações de checagem de fatos tornaram-se quase memes culturais em si mesmas, já que é amplamente aceito que elas nada mais são do que fac-símiles neutralizados e desdentados da verdade. 

À medida que a agenda continua a desmoronar, o equilíbrio entre segurar uma mentira às custas de outra se tornará muito cansativo e parece que eles estão se desgastando.

Exemplo: dizer aos puros-sangues para fazerem a injeção para se protegerem, enquanto diz aos DUPLAMENTE VACINADOS para obterem MAIS INJEÇÕES porque os primeiros AS PRIMEIRAS não funcionaram.

 

HÃ?

Você não pode ter as duas coisas.

Somente a pessoa de forma individual pode decidir o que é melhor para si, ninguém pode abrir mão dessa premissa, caso contrário você estará cedendo sua liberdade de pensamento e expressão.

Continue pressionando os buscadores da verdade, estamos vencendo esta guerra da informação.


 

Considere apoiar o Tribuna Nacional
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. 


ESTAMOS NO GETTR



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.