27/12/2021 às 09h57min - Atualizada em 27/12/2021 às 09h57min

MUITO BIZARRO: China: Cientistas criaram 'promotor de IA' distópico que decidirá o destino das pessoas

Pesquisadores na China afirmam que alcançaram o primeiro lugar ao desenvolver uma máquina que pode acusar pessoas de crimes usando inteligência artificial.

Luiz Custodio
msn.com

A máquina distópica pode identificar 'dissidência' contra o estado e sugerir sentenças para criminosos aparentes.

Os pesquisadores afirmam que o “promotor” da AI pode decidir sobre as acusações com mais de 97 % de precisão com base em uma descrição verbal do caso.

No entanto, teme-se que a máquina, que foi construída e testada pela Procuradoria do Povo de Xangai Pudong, possa ser transformada em arma pelo estado

Relatórios do MSN : até o momento, ele pode identificar e apresentar queixa pelos oito crimes mais comuns de Xangai, incluindo fraude de cartão de crédito, roubo, direção perigosa e brigas de catação - uma ofensa frequentemente usada contra dissidentes. 

A tecnologia foi treinada usando mais de 17.000 casos de 2015 a 2020. Ela pode ser executada em um computador desktop e decide se pressiona uma carga, analisando centenas de "características" obtidas a partir de uma descrição de caso gerada por humanos, de acordo com um relatório no South China Morning Post.

Uma vez que as acusações são apresentadas, é quase garantido que terminarão em condenação, já que a taxa de absolvição da China é inferior a um por cento.

O principal cientista do projeto, o professor Shi Yong, diretor do laboratório de big data e gerenciamento de conhecimento da Academia Chinesa de Ciências, disse que a máquina pode liberar os promotores para se concentrarem em tarefas mais difíceis. 

“O sistema pode substituir os promotores no processo de tomada de decisão até certo ponto”, disse Shi e seus colegas em um artigo publicado este mês na revista chinesa Management Review.

A China já vem tentando incorporar tecnologias como IA e big data para transformar a forma como seu sistema jurídico funciona.

Em 2017, as autoridades lançaram o primeiro tribunal cibernético do país, que permite que as partes em casos relacionados ao “digital”, como comércio eletrônico, apareçam por meio de vídeo-chat na frente de juízes de IA virtual. Embora a ideia seja acelerar as audiências e ajudar o sistema a lidar com processos maiores, juízes humanos reais ainda monitoram o que acontece e tomam as decisões importantes. 

Em 2016, os promotores chineses começaram a usar uma ferramenta de IA para avaliar as evidências e avaliar o nível de perigo que um suspeito representa para o público.

Mas as ferramentas de IA existentes não desempenham um papel no processo de tomada de decisão de ações e sugestões de punições, de acordo com Shi e seus colegas. 

A equipe disse que sua máquina se tornaria mais poderosa com atualizações e seria capaz de reconhecer crimes menos comuns e registrar várias acusações contra um único suspeito. 

Um promotor não identificado na cidade de Guangzhou, no sul da China, disse ao South China Morning Post que, embora a máquina tivesse uma precisão relatada de 97 por cento, “sempre haverá uma chance de erro”.

“Quem vai assumir a responsabilidade quando isso acontecer? O promotor, a máquina ou o projetista do algoritmo? ” o promotor perguntou. 

Além da pressão legal, as autoridades chinesas também têm tentado usar IA em vários outros setores para melhorar a eficiência e fortalecer a supervisão do governo.

Autoridades americanas expressaram preocupações de que a IA da China e ambições semelhantes possam eventualmente dar a Pequim uma vantagem crítica nas forças armadas, saúde e outros setores importantes. 

Em outubro, o ex-chefe de software do Pentágono disse ao Financial Times que a China já havia vencido a batalha da IA ​​contra os EUA e caminhava para o domínio global.

 

Considere apoiar o Tribuna Nacional
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. 


ESTAMOS NO GETTR



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.