26/12/2021 às 09h50min - Atualizada em 26/12/2021 às 09h50min

Governo do Reino Unido está considerando vacinar de porta em porta

Os ministros do governo do Reino Unido estão discutindo planos para enviar equipes de porta em porta armadas com jabs astutos para as casas de britânicos não vacinados em uma tentativa de obter mais "vacinas".

Luiz Custodio
dailymail.co.uk

Na semana passada, o Departamento de Saúde, o NHS Inglaterra e o número 10 discutiram uma campanha nacional para enviar "equipes de vacinas" a áreas com baixas taxas de absorção, como uma forma que dizem ser crucial se o Reino Unido deseja evitar mais bloqueios e outros restrições.

É também uma maneira de levar as vacinas para áreas rurais ou famílias onde as pessoas não podem chegar facilmente a um centro de vacinação.

TENDÊNCIAS: CONFLITO DE INTERESSE? US$ 40 MILHÕES foram pagos pela Fundação Bill e Melinda Gates e Fundação Clinton para o virologista Dr. Andrew Hill negar a eficácia da IVERMECTINA no combate a COVID?

Os relatórios do Mail Online : Visitas de jabs de porta em porta já estão sendo testadas em uma área de Ipswich, o que levou a 150 pessoas extras recebendo seu primeiro, segundo ou reforço em um fim de semana.

Fontes de Downing Street disseram que o objetivo é expandir isso para o resto do país e tentar chegar a cerca de cinco milhões de não vacinados.

Dan Poulter, o MP conservador e médico hospitalar do NHS que tem feito turnos em hospitais de Londres, acolheu o plano. Ele disse: 'Em partes de Londres onde há uma absorção muito baixa da vacina, é provável que você consiga uma boa absorção em jabs se estiver batendo nas portas.

'Eu acho que isso teria um efeito muito positivo em aumentar as taxas de vacinação.'

Considere apoiar o Tribuna Nacional
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. 




ESTAMOS NO GETTR  



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.