17/12/2021 às 09h15min - Atualizada em 17/12/2021 às 09h15min

Mais de 100 fuzileiros navais expulsos da força por recusarem vacina Covid

Esses fuzileiros navais dos Estados Unidos foram dispensados ​​depois de desafiar o mandato de vacina do presidente Biden e se recusarem a receber as vacilações.

Luiz Custodio
politico.com / rt.com

A dispensa de 103 soldados foi confirmada em um comunicado ao Marine Corps Times na quinta-feira.

A notícia chega no mesmo dia em que o Exército anunciou que dispensou seis líderes , incluindo dois oficiais comandantes, sobre o assunto, e que quase 4.000 soldados da ativa recusaram a vacina.

Relatórios da RT : O porta-voz do Corpo de Fuzileiros Navais, Maj. Jim Stenger, disse à revista que 1.007 isenções de vacinas por razões médicas e administrativas foram concedidas, enquanto 2.836 solicitações de isenções religiosas foram rejeitadas até agora. É amplamente esperado que a força, que ainda não concedeu a um único soldado uma isenção por motivos religiosos sobre a vacinação contra Covid-19, recusaria quase 300 pedidos restantes.

 

Embora o Corpo de Fuzileiros Navais tenha sido revelado no mês passado como o braço militar menos vacinado dos EUA, a esmagadora maioria de seu pessoal - cerca de 95% - recebeu pelo menos uma dose da vacina Covid-19.

O pessoal da ativa tinha recebido até 28 de novembro para ser vacinado contra o vírus ou solicitar uma isenção.

A notícia sobre a demissão em massa de fuzileiros navais chega pouco depois de 27 militares da Força Aérea dos Estados Unidos - descritos como “militares mais jovens e de escalão inferior” - terem sido dispensados esta semana por se recusarem a ser vacinados.

O pessoal da Força Aérea demitido não buscou nenhuma isenção e foi oficialmente sancionado por desobedecer a ordens.

Espera- se que a Marinha dos EUA faça o mesmo em um futuro próximo. Na semana passada, 5.731 membros da Marinha dos EUA permaneceram não vacinados, apesar de uma ordem que exigia que todos os marinheiros da ativa executassem o tiro até o prazo final de 28 de novembro.

 

Considere apoiar o Tribuna Nacional
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. 




ESTAMOS NO GETTR  



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.