25/11/2021 às 14h21min - Atualizada em 25/11/2021 às 14h21min

ESCÂNDALO NA ESLOVÊNIA: Enfermeira denuncia que políticos recebem solução salina no lugar de vacina experimental de mRNA

Uma crise atingiu o país da Europa Oriental, a Eslovênia, com uma enfermeira denunciante dizendo ao público que os políticos e outros cidadãos de alto escalão recebem solução salina em vez da medicação experimental mRNA.

Cristina Barroso
Daily Telegraph
(Reprodução)
Em um vídeo no Facebook , que foi excluído pelo YouTube, a mulher que afirma ser enfermeira-chefe do Centro Médico Universitário de Ljubljana, que cuida do recebimento e gerenciamento das garrafas de jab para políticos, renunciou e deu entrevista coletiva sobre o escândalo.



Durante a conferência, ela mostrou códigos nas garrafas em que cada uma contém 1, 2 ou 3 dígitos e, em seguida, explicou o significado desses números.

Nota: O Daily Telegraph entende, por meio de nossas fontes na Eslovênia, que o vídeo original foi removido do Facebook.

O número 1 é o placebo, solução salina. O número 2 é o mRNA. O número 3 é um bastão de mRNA que contém o gene onco, ligado ao adenovírus que contribui para o desenvolvimento do câncer. Ela disse que aqueles que receberem o frasco número 3 desenvolverão câncer de tecidos moles dentro de dois anos após receberem a vacina.




Ela diz que testemunhou pessoalmente a injeção de todos os políticos e magnatas e de todos que receberam o frasco número 1, alegando que receberam a solução salina, um placebo. Isso explica por que a mesma pessoa administra o jab aos políticos quando eles tiram fotos para a mídia.
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o Tribuna Nacional.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »