24/07/2020 às 13h26min - Atualizada em 24/07/2020 às 13h26min

VENENO NA DOSE CERTA É REMÉDIO

Toxina de escorpião ajudará a tratar hipertensão e infarto

Cristina Barroso
Diário da Saúde

Pesquisadores brasileiros estão desvendando o uso de compostos específicos do veneno de escorpião como medicamento.

O veneno do escorpião é uma mistura complexa de moléculas biologicamente ativas, incluindo neurotoxinas, vasodilatadores e compostos antimicrobianos, entre muitos outros. Embora o veneno seja doloroso para aqueles que têm azar de serem picados por um escorpião, os compostos individuais, se isolados e administrados na dose adequada, podem trazer benefícios surpreendentes à saúde.

Diana Mendoza e sua equipe da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) mostraram que uma substância chamada tripeptídeo KPP, que compõe a toxina do escorpião, causa uma dilatação dos vasos sanguíneos, diminuindo a pressão sanguínea.

 

E o efeito parece ser duplo, porque o peptídeo do veneno do escorpião desencadeou a fosforilação de uma proteína chamada AKT, envolvida na produção de óxido nítrico, que também é um composto vasodilatador.

Com o efeito já confirmado em animais de laboratório, a intenção da equipe é prosseguir com os estudos para a criação de uma nova medicação para a hipertensão e outros problemas cardiovasculares.

Os efeitos verificados nas cobaias também indicam o potencial do novo composto para tratamento de ataques cardíacos, ajudando a recuperar as células danificadas do coração.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

90.2%
9.8%