23/11/2021 às 10h48min - Atualizada em 23/11/2021 às 10h48min

EMA aponta para condição rara da coluna vertebral causada pela vacina Janssen

A agência recomenda adicionar mielite transversa ao folheto de efeitos colaterais da vacina de dose única da Johnson & Johnson.

Cristina Barroso
Larazon
!Reprodução)
A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) recomendou nesta quinta-feira a adição de um tipo raro de inflamação da coluna vertebral chamada mielite transversa como efeito colateral da vacina de dose única da Janssen (Johnson & Johnson) contra Covid-19.

Os relatos desta doença neurológica grave também foram a razão para a interrupção dos testes nos estágios iniciais de desenvolvimento das vacinas AstraZeneca e  Janssen  que são baseadas em tecnologia semelhante.

Quanto à segurança de outras vacinas contra o coronavírus, o regulador europeu de medicamentos disse que estava avaliando relatos de uma doença rara do sangue conhecida como síndrome de vazamento capilar (CLS) após a inoculação da vacina Moderna. A EMA observou que foram registrados seis casos, mas que ainda não está claro se há uma relação causal entre as notificações e a vacina.

O que é mielite transversa?

A mielite transversa é uma síndrome inflamatória que afeta a medula espinhal e geralmente é causada por infecções virais. Na maioria dos casos, o distúrbio inflamatório surge após a recuperação da infecção.

Alguns dos sintomas da mielite transversa são dor, fraqueza nos braços e pernas, paralisia, problemas sensoriais ou disfunção da bexiga e intestino.

Seu tratamento, baseado em medicamentos e terapia de reabilitação, pode fazer as pessoas se recuperarem pelo menos parcialmente. No entanto, as pessoas com convulsões graves às vezes ficam com deficiências significativas.

 
Apoie o jornalismo gratuito e independente
Seu apoio ajuda a proteger nossa independência para que o Tribuna Nacional continue oferecendo jornalismo independente de alta qualidade e gratuito para todos. Cada contribuição, seja grande ou pequena, ajuda a garantir nosso futuro. Se você puder, considere fazer uma doação mensal recorrente.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »