23/07/2020 às 20h07min - Atualizada em 23/07/2020 às 20h07min

Geraldo Alckmin é denunciado por caixa 2, corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É o segundo tucano denunciado no mês de julho. Além dele, o ex-governador José Serra também tem sido alvo da PF e do MP.

Vinicius Mariano
O ex-governador Geraldo Alckmin
Geraldo Alckmin (PSDB), ex-governador de São Paulo e ex-candidato à presidência, foi denunciado nesta quinta-feira (23) pelo Ministério Público de São Paulo pelos crimes de falsidade ideológica eleitoral (caixa 2), corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Alckmin é acusado de ter recebido R$ 2 milhões em dinheiro vivo da Odebrecht na campanha ao governo de São Paulo em 2010 e mais R$ 9,3 milhões na campanha de 2014, quando foi reeleito ao cargo.

A denúncia acontece no mesmo mês em que José Serra, também ex-governador de São Paulo e atual Senador, foi denunciado por lavagem de dinheiro e quase foi alvo de mandado de busca e apreensão em seu gabinete no Senado. A diligência não se cumpriu porque os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, articularam para impedir a entrada da Polícia Federal no gabinete do Senador, que classificou os atos da PF como 'invasivos e agressivos'.

Segundo o Ministério Público, a denúncia apresentada nesta quinta-feira contra Alckmin tem como base os 77 acordos de colaboração premiada firmados por executivos da Odebretch. Essa é a segunda vez que Geraldo Alckmin é alvo da justiça em julho. Na semana passada, ele foi indiciado por suspeita de lavagem de dinheiro, conforme mostrou o Tribuna Nacional nessa reportagem. Com dois grandes nomes do partido dos tucanos denunciados em apenas um mês, a Lava Jato chega na ala política do PSDB.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

90.2%
9.8%