23/07/2020 às 16h54min - Atualizada em 23/07/2020 às 16h54min

Risco de contrair coronavírus dentro de casa é maior

Pesquisa sul-coreana é reveladora

Kaio Lopes
Reuters
(REPRODUÇÃO)
Em pesquisa publicada em 16/07, pelo CDC, centro-norte americano de controle e prevenção de doenças infecciosas, através de dados obtidos entre 20/01 e 27/03 com milhares de pacientes que contraíram o vírus da COVID-19, um grupo sul-coreano descobriu haver mais possibilidade de se contrair o vírus em contato caseiro, ou seja, dentro de casa, contrariando a ideia do famigerado ''isolamento social''. A divulgação é da Reuters.

O estudo colheu informações de 5.706 pacientes-zero testados positivamente, além de monitorar outras 59 mil pessoas que estiveram em contato com eles; a conclusão é que, a cada 100 pessoas infectadas, apenas 2 contraíram o vírus fora de suas casas. e uma, entre dez, dentro delas. A faixa etária entre 60 e 70 anos, além da adolescente, são as mais atingidas. 

Um dos autores da pesquisa e diretor do Centro de Prevenção Sul-Coreano, Jeong Eun-Kyeong, afirma que esses fatores podem ser devidos aos grupos referidos estarem frequentamente em contato com pessoas das quais dependem de suporte e proteção. 

É importante destacar, no entanto, que não há um consenso científico sobre a questão, mas pesquisas como a referida abrem precedentes importantes na tentativa de mostrar uma narrativa dissonante daquela convergente entre o establishment. 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

90.2%
9.8%