17/11/2021 às 10h31min - Atualizada em 17/11/2021 às 10h31min

Ameaça existencial: Houve 93.331 mortes por overdose de drogas nos EUA em 2020 e ZERO mortes por mudança climática nos EUA em 2020

Mortes por overdose de opioides sintéticos (principalmente fentanil) e psicoestimulantes, como metanfetamina, também aumentaram

Luiz Custodio
cdc.gov

Por Jim Hoft

CDC anunciou em julho que houve 93.331 mortes por overdose nos EUA em 2020, mas o problema maior é a 'crise climática'.

Dados provisórios do Centro Nacional de Estatísticas de Saúde do CDC indicam que houve uma estimativa de 93.331 mortes por overdose de drogas nos Estados Unidos durante 2020, um aumento de 29,4% das 72.151 mortes previstas em 2019.

Os dados apresentam uma  visualização de relatórios da web interativa . Os novos documentos de dados que estimam as mortes por overdose de opioides aumentaram de 50.963 em 2019 para 69.710 em 2020. Mortes por overdose de opioides sintéticos (principalmente fentanil) e psicoestimulantes, como metanfetamina, também aumentaram em 2020 em comparação com 2019. Mortes por cocaína também aumentaram em 2020, conforme fizeram mortes por opioides naturais e semissintéticos (como analgésicos prescritos).


Também em 2020, pelo décimo ano consecutivo, não houve mortes devido ao aquecimento global . ZERO. Nem uma única morte. E, no entanto, é isso que a mídia e os defensores da agenda do clima querem que você acredite ser a maior ameaça existencial que o país enfrenta.

Estamos sendo liderados por idiotas e mentirosos.

 

Apoie o jornalismo gratuito e independente
Seu apoio ajuda a proteger nossa independência para que o Tribuna Nacional continue oferecendo jornalismo independente de alta qualidade e gratuito para todos. Cada contribuição, seja grande ou pequena, ajuda a garantir nosso futuro. Se você puder, considere fazer uma doação mensal recorrente.



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.