12/11/2021 às 10h05min - Atualizada em 12/11/2021 às 10h05min

Governo australiano: teremos certeza de que não vacinado será 'miserável' e 'solitário' para o resto da vida

A vida dos cidadãos não vacinados na Austrália se tornará “miserável” e “solitária” pelo governo australiano, advertiu um oficial de saúde.

Luiz Custodio
Summit.news

“Oh, eles são loucos por não serem vacinados, a vida será miserável sem serem vacinados”, disse o Dr. Chris Perry, presidente da Associação Médica Australiana de Queensland, durante uma aparição na televisão.

“Você não vai conseguir se esconder, não vai conseguir que um médico assine que você foi excluído porque há regras bem definidas sobre isso e os médicos serão auditados, cada uma de suas exclusões será analisada com muito cuidado ”, acrescentou, antes de ameaçar os médicos com multas exorbitantes e demissão.


Relatórios Summit.news : Perry também ameaçou as pessoas que obtiveram falsamente uma isenção de vacina de que elas também seriam atingidas com acusações de fraude se "tentarem burlar o sistema".

 

“Vai ser muito difícil manter o emprego se você não for vacinado e não conseguir ir a lugar nenhum para se divertir”, disse ele.


Perry concluiu dizendo que aqueles que não receberem punção dupla terão “uma vida muito, muito solitária” e não serão capazes de manter um emprego.

Agora me diga novamente como a vacina não é obrigatória?

Durante os comentários subsequentes, Perry culpou os “teóricos da conspiração” por fazerem as pessoas hesitarem em tomar a vacina.
 

“Na era das redes sociais, qualquer possível dor de cabeça leve ou pequeno e sério problema com as vacinas é ampliado”, disse ele.

 

Apoie o jornalismo gratuito e independente
Seu apoio ajuda a proteger nossa independência para que o Tribuna Nacional continue oferecendo jornalismo independente de alta qualidade e gratuito para todos. Cada contribuição, seja grande ou pequena, ajuda a garantir nosso futuro. Se você puder, considere fazer uma doação mensal recorrente.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.